Gamification e o engajamento premiado

o-que-e-gamification

Afinal, o que é Gamification? Tendência ou bullshit? O termo que nasceu em 2002 e se popularizou em 2010, tem o crescente interesse de empresas por esse conjunto de técnicas que podem trazer grandes resultados. Gamification não se encaixa apenas no ramo corporativo, podendo ser aplicado à educação, saúde, meio-ambiente, programas governamentais e muitas outras áreas.

A verdade é que Gamification vai em direção do fator que as marcas mais buscam nos dias de hoje: Engajamento de Qualidade.

O que é Gamification?

Gamification é a aplicação de técnicas e design de games em plataformas que não são games, influenciando e buscando o engajamento dos participantes. Confuso? Basicamente é oferecer recompensas, prêmios e interação aos usuários e participantes alinhando cooperação e competição ao mesmo tempo. Mas isso é o chavão e dá pra ir bem mais afundo…

Atenção: Gamification não tem nada a ver com Advergaming, que é a criação de games para fins publicitários, como confundiu o gerente de marketing nesta notícia aqui.

Gamification: Conceito novo, ideia antiga

O objetivo comum das técnicas de Gamification é, como dito, o engajamento. Quanto mais interação por parte dos participantes, mais resultado positivo para o projeto. Seja para treinamento de funcionários de um hospital ou a aplicação em um fórum externo de uma empresa como a LG, Gamification nada mais é o que toda empresa sonha na web: obter interação de qualidade.

Engajamento de qualidade não é quantos likes e compartilhamentos você tem no Facebook, é avaliar as métricas mais profundamente e não ter medo de encarar a realidade do quanto o seu consumidor se importa com você. É intrínseco no Digital!!!

Apesar de parecer mais uma palavra criada pelo povo novidadeiro de marketing, a realidade mostra o quanto projetos de Gamification podem ser rentáveis para as empresas. A difusão do conceito ajuda a reforçar a era em que as companhias aceitam ouvir mais funcionários e consumidores, já que isso é um caminho sem volta, apesar da resistência de algumas empresas mais tradicionais que não entendem que este processo é irreversível.

Um projeto com Gamification aplicado e bem planejado trará ganhos financeiros à longo prazo para a empresa. Afinal, o “engajamento de qualidade”, que citei como fator a ser buscado, nada seria se o ROI estiver no chão.

Foco na Estratégia

O cenário é criar um projeto que foque no relacionamento e que incentive e influencie os participantes a colaborarem o máximo possível de acordo com aquilo que a empresa quer. Recompensas como classificações, pontuações, medalhas (badges) são os conceitos extraídos dos games que farão os participantes terem mais interação e, consequentemente, direcionarão o projeto para o sucesso.

Essas recompensas não precisam ser materiais e é até melhor que sejam destacadas no ambiente em que todos estejam presentes (fórum, blog, aplicativo etc.). Mas é interessante pensar que dependendo do tamanho do projeto, é até legal criar concursos e premiar usuários ao fim de determinado período com um produto, por exemplo, dependendo do alto nível de colaboração entre os usuários.

O importante é pensar como isso tudo pode trazer ganhos para empresa, para os participantes (funcionários, fornecedores ou consumidores) e a importância do legado que isso pode deixar em um longo prazo, caso seja um projeto importante para a marca.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s